Faça o download do PDF!

10 passos para um teatro acessível.

Teatro Acessível - Arte, Prazer e Direitos

19 de Setembro - Dia Nacional Teatro Acessível (PL 6139/13)

É hora de abrir as cortinas do teatro brasileiro para todas as pessoas. Para quem não enxerga, não ouve, tem dificuldade em se locomover, não sabe ler.

10 passos para um teatro acessível

Acessibilidade Física

Verifique se o espaço possui acessibilidade para pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. Observe se há rampas, elevadores de acesso, espaço para cadeira de rodas na plateia, banheiros adaptados, e a qualidade dessas adequações.

Atendimento Prioritário

Pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, entre elas idosas, obesas, mulheres grávidas, com crianças no colo e que estejam amamentando têm prioridade na fila e na entrada no teatro.

Visita Guiada ao Cenário

Trinta minutos antes do início da peça, pessoas cegas e com baixa visão devem ser convidadas a subir ao palco para tocar o cenário, sempre orientadas por profissional de audiodescrição.

Audiodescrição

A audiodescrição garante às pessoas cegas ou com baixa visão informações importantes para a compreensão do espetáculo. O/A profissional de audiodescrição fica em uma cabine. Os fones são entregues na entrada do teatro.

Libras e subtitulação

A Libras é uma língua oficial no Brasil, mas nem toda pessoa surda se utiliza da Libras; algumas necessitam de legendas/subtitulação eletrônica. Intérpretes de Libras trabalham em duplas, alternando-se a cada 20 minutos, em média. A subtitulação eletrônica é a rolagem do texto da peça projetado em TV ou tela.

Estenotipia

A estenotipia computadorizada é uma técnica de digitação que consiste em registrar falas simultaneamente, também transmitidas através de TV ou tela.

Materiais em Braile

Todo material impresso em tinta, como folders, livros e programas, deve estar disponível em formatos acessíveis para que as pessoas cegas, que fazem uso do braile, possam acessar todas as informações. É preciso descrever as imagens de todos os materiais, como fotos e projeto gráfico, antes da produção para o braile.

Materiais em Letra Ampliada

Os materiais impressos também devem ser disponibilizados em letra ampliada para pessoas com baixa visão: fonte Arial (ou outra fonte sem serifa), tamanho 20.

Materiais em Meio Digital

A produção dos materiais em meio digital é necessária para pessoas cegas que não conhecem o braile e também para quem tem baixo letramento. É preciso descrever as imagens de todos os materiais, como fotos e projeto gráfico, antes da produção em meio digital.

Vídeo Acessível

Todos os vídeos devem ter recursos de acessibilidade, como audiodescrição, Libras e legenda.

www.escoladegente.org.br/teatroacessivel

Mais informações: Norma 15.599 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), de 2008